780.chat

780.chat - Ceará tem pior volume de atividades turísticas do Brasil em 2023

Estado apresentou recuo de 3,2% entre janeiro a dezembro, enquanto média do Brasil subiu 6,9%

O Ceará registrou o pior volume de atividades turísticas do Brasil no acumulado de 2023, com recuo de 3,2% entre janeiro e dezembro, ao passo que a média nacional teve alta de 6,9%.

Os dados referentes à Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram divulgados nesta sexta-feira, 9.

Seja assinante 780.chat+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O indicador acompanhou 12 estados brasileiros, entre os quais dez apresentaram taxas positivas e apenas dois mostraram queda. É o caso do Ceará (-3,2%) e do Distrito Federal (-1,1%).

A liderança ficou com Minas Gerais, com alta de 15%; seguida por Rio de Janeiro (11,5%), Bahia (11,4%), Paraná (10%), Santa Catarina (6,9%), São Paulo (6,5%), Rio Grande do Sul (3,2%), Pernambuco (1,9%), Goiás (1,7%) e Espírito Santo (1,2%).

A expansão nacional foi impulsionada por aumentos na receita de empresas voltadas à locação de automóveis, serviços de buffet, hotéis, restaurantes, agências de viagens, transportes aéreos e rodoviários de passageiros.

Já dezembro de 2023, se comparado ao mês imediatamente anterior, apontou o Ceará com a maior alta nacional no volume de atividades turísticas, de 10,5%, acima da média brasileira de 1,4%.

Logo depois do Ceará, estão Rio Grande do Sul (8,1%), Santa Catarina (4,8%), Rio de Janeiro (4,2%), Pernambuco (3,4%), Goiás (2,2%), São Paulo (1,1%) e Bahia (0,7%).

Minas Gerais (-0,1%), Paraná (-0,3%), Distrito Federal (-3,9%) e Espírito Santo (-7,4%), por outro lado, se encontram na parte negativa da tabela mês a mês.

Enquanto o Brasil subiu 1,4% na comparação entre dezembro de 2023 e dezembro de 2022, em sua 33ª taxa positiva seguida, o Ceará ficou no vermelho (-14,1%) no volume de atividades turísticas do período.

O Estado ficou na frente do Distrito Federal (-18,8%) e atrás do Espírito Santo (-13,9%). Outras localidades com recuo foram Goiás (-3,1%) e Paraná (-2,6%).

Rio de Janeiro (9,7%), Rio Grande do Sul (8,1%), Santa Catarina (6,7%), Pernambuco (5,1%), São Paulo (3,8%), Minas Gerais (2,3%) e Bahia (0,5%) foram os destaques positivos.

COMPRAS INTERNACIONAIS terão mais taxas em 2024 mesmo custando menos de US$ 50? | Dei Valor

Mais notícias de Economia

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

pmsibgeturismopesquisa mensal de servicoscearaatividades turisticas2023dezembrovideo

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
780.chat Mapa do site