cbet.gg

cbet.gg - 'Linha Direta' lembra história da Viúva Negra procurada pelo FBI

Linha Direta, apresentado por Pedro Bial, conta história da "Viúva Negra" apontada como mandante de diversos crimes

O programa "Linha Direta", da TV Globo, conta nesta quinta-feira, 8, a história da viúva Heloísa Borba Gonçalves, 73 anos, procurada pela Interpol e foragida da Justiça há mais de 50 anos. Conhecida também como Viúva Negra, Heloísa é mandante de diversos crimes em três estados brasileiros. Além de ser procurada pela Justiça brasileira, integra a lista de pessoas mais procuradas do mundo e também do Departamento Federal de Investigação, o FBI, nos Estados Unidos

A sequência de mortes de seus companheiros começou nos anos de 1970, com um misterioso acidente de carro sofrido por um médico alemão, Guenther Wolf, com o qual Heloísa teria se casado pouco tempo antes. Seis meses depois ela deu à luz Vitória Leticia e a registrou como filha de Guenther, que herdou toda a fortuna de Wolf.

Em 1977, ela já tinha outro companheiro, Carlos Pinto da Silva, que sofreu um atentado a tiros em Salvador, mas sobreviveu. Na década de 1980, ela conheceu o português Irineu Duque Soares, no Rio de Janeiro. Eles se casaram e cinco meses depois o homem foi assassinado. Heloísa também herdou os bens ao registrar mais um bebê em seu nome, Daniel.

Seja assinante cbet.gg+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Já em 1990, aos 40 anos, ela se aproximou de Nicolau Saad, que também foi morto tempos depois. E dois anos depois, o coronel Jorge Ribeiro, companheiro de Heloísa, foi brutalmente assassinado. E no ano seguinte, em 1993, Wagih Murad, 84, outro ex-marido morreu após um atentado.

Operfil das vítimas era semelhante: homens mais velhos, viúvos ou divorciados e com muitos bens. Além de ser suspeita de ser mandante do assassinato ou ataque de vários ex-maridos, a "Viúva Negra" também está envolvida com crimes como estelionato, falsidade ideológica e fraude.

Segundo investigações do FBI, agentes rastrearam em 2013 Heloísa Borba Gonçalves na Flórida, nos Estados Unidos, com outro nome: Heloísa Saad Lopez. Mas até hoje o paradeiro dela não foi localizado.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vida & ArteCulturaLinha DiretaProgramas de TVRede GloboViúva Negra

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
cbet.gg Mapa do site